Pesquisar este blog

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Farol de Santa Marta – Anos 1990


No começo dos anos 1990, o Farol, era muito divertido. Mas, a coisa ainda era precária. As casas de alugar só tinham latrinas, poucas tinham chuveiro. O que levava grande parte dos turistas até casas de banho na prainha, que tinha chuveiro quente com água vinda de poços artesianos. As filas de banho eram verdadeiros eventos sociais, onde mais da metade das armações nunca se realizavam, hora de contar os sobreviventes pra próxima jornada, saber das novidades. Também, era hora da crueldade. Quando algum novato demorava no banho, caía a chave de luz e água esfriava. Seguia-se um grito ou gemido. A galera se finava, dando altas gargalhadas ou vaiava. Ninguém avisava o novato, só pra dar umas risadas e pegar no pé do vacilão.

A fama da noite no Farol durou mais alguns anos com os bares de sinuca, regae e rock.  Mas, o lugar foi enchendo, com esgoto a céu aberto, tudo mais caro e os primeiros cercados. Os surfistas caretearam... Continuava-se passando dia com mesma roupa, os acelerados encontros e desencontros noturnos persistiam.  Certa feita, ouvi duma paulista sua admiração pelo lugar. Segundo ela, ninguém ia ou curtia a praia de manhã, saiam para passeios à tarde e na noite parecia que todos se multiplicavam.  Entendi, mais ou menos.


“O que atraía e ainda atrai gente ao Farol é um visual selvagem, os rochedos, Morro do Céu e o Farol. O Farol reina soberano no alto do morro de dia e sobre tudo à noite, quando além de sua função principal, a de guiar os navegantes, cria uma atmosfera romântica no seu entorno, entrando pelas janelas, passando pelas casas, rochedos e morros.”

Vídeo de Verão 2015 no Farol de Santa Marta 

https://www.youtube.com/watch?v=anOrl9QgnkI

Dias atuais...
























Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...