Pesquisar este blog

domingo, 10 de maio de 2009

Quem (?) & Kid Enfrentam os Poderosos Parte 12

“MORTE DE PLÁSTICO” FAZ PANFLETAGEM NO GASÔMETRO

Mais uma vez procuramos a “Morte de Plástico” para pedir esclarecimentos sobre sua postura e atuação no caso do Pontal do Estaleiro. Ela como de costume deitou falação sobre o assunto de forma didática, objetiva, franca e como sempre muito divertida. Como se verá a seguir:

Então, Morte... Se é que posso dizer isso? Hummnnn! Como vai sua vidinha?     
 ela não perde tempo
  – (risos...) Você, Quem (?), sempre me fazendo rir. Posso dizer que nunca estive melhor, posso passear com tranqüilidade por aí. São poucos os que não me tratam bem nas ruas desta cidade. Geralmente os que se assustam são aqueles tem complexo de culpa.

Culpa?


– É, aquela coisa freudiana que ataca os falsos, os de mau caráter, os vacilantes, os negligentes e os ensimesmados. Freud, dizia na teoria do ato falho, que uma pessoa com esse sentimento era capaz de auto-denunciar uma verdade sua escondida, através de uma reação inesperada, visível e incontrolável. Dou um exemplo: a aprovação da emenda do vereador Ferronato (a dos 60 metros de proteção da orla). Por mais que aleguem um vacilo “coletivo” (novamente...risos...), os defensores do Pontal, deixaram muito claro que aprovam leis importantes para a cidade sem o mínimo cuidado necessário. Tenho cá pra mim que foi um legítimo ato falho.
 em suas andnaças ninguém fica sem explicação


Desculpe por essa, mas o dever me obriga a lhe perguntar, o seguinte: Você pertence a alguma corrente satânica?


– Isso É coisa do tal de Saul Veras Boff, quando escreveu a cartinha pra prefeitura desistindo do projeto nos moldes da lei aprovada. Ficou “P” da vida com vereança aliada, que por desleixo mutilou seu projeto e boa parte de seus lucros. Para um judeu “prejuízo no bolso” é o pior dos males. A propósito, “Saul” foi o primeiro rei de Israel, que tomado por um egoísmo exacerbado, cometeu três pecados e foi barrado por Deus de entrar no céu. Como o antigo, acho que o Saul de hoje também age nesciamente.


Nesciamente?


- É. Significa agir estupidamente. O profeta Samuel, aquele da Bíblia, usou esta mesma palavra para comentar as atitudes de “Saul, o rei antigo. Quanto às correntes satânicas estou fora. Como já disse: trabalho pro cara lá de cima. Também, me conhecem por “Anjo da Morte”.
                                                                                                           como Getúlio Saul alegou forças ocultas

Nesta carta tem um negócio de “maniqueísmo alcandorado”, orquestração etc... – Tem sim, acho que o Saul, o novo, usou um vocabulário ensebado para falar mal da sociedade organizada que se mobilizou contra o Pontal, colocando-se na posição de vítima. Aquela velha história da conspiração. Veja bem, meu caro Quem (?)...Ops! “Sorry”, piada repetida... Signatária e quotistas, de quem ele fala serem os prejudicados, são as mesmas pessoas.


Como é?


- O Saul pertence à família proprietária da Incorporadora Maiojama, uma das grandes empresas do setor imobiliário da cidade, que por sua vez pertence ao grupo RBS. Fato conhecido de muito pela elite da cidade e governantes. Este assunto que pode ser facilmente explorado na Internet. A BM par, do Saul, é só um braço desta organização que cooptou grande parte dos vereadores de Porto Alegre, e que no momento, deve estar arrependida do feito, diante da Aprovação da emenda Ferronato. (a emenda literalmente ferrou o empreendimento... outros risos...) Quanto à concepção arquitetônica, vi no seu blog fotos da praia de Ipanema, também acho que pra fazer bonito não precisa muito. Orquestração por orquestração, a da BM par tem desafinado mais do que a dos defensores da Orla democrática do Guaíba. (risos de deboche...). Mas, afinal, Guaíba é Lago ou é rio? (risos... ainda mais debochados...)

elegância é com ela

Tá tudo muito bom... – Bom! Tá tudo muito bem... –Bem! Mas, realmente...Mas, realmente... “Morte”, poderia falar sobre a sanção (ato que valida lei votada pela Câmara) do prefeito Bocaça e a consulta popular?


– Ele não tinha outra saída, se vetasse um projeto de lei de autoria dele, aprovado pela sua própria base aliada , se tornaria uma piada ambulante de nível internacional. Provaria o que todos nós já sabemos. Ou seja, que a política brasileira só é eficiente quando defende os assuntos da elite econômica dominante. (risos...irônicos). Claro, que também sabemos que ele assinou o projeto de olhos fechados, pois quando entrevistado, por várias vezes disse não conhecer o assunto.


E a consulta popular?
                                                                                                         eta...simpatia
– Ah, é mesmo. A princípio, se o dono do terreno desiste de fazer moradias na área e vai haver uma consulta popular sobre a possibilidade de se construir moradias, creio que esta consulta perdeu seu sentido. Mas, sentido é tudo que falta para a grande maioria dos vereadores e políticos brasileiros. Por isso esta lei do município não me surpreende. Há muito o bom senso deixou de ser o orientador das leis brasileiras. Quando o bom senso é banido da sociedade, o povo fica sem rumo, a corrupção fica em evidência e a desesperança se espalha como uma pandemia. Por outro lado, não me surpreenderia se uma nova empresa de fachada passasse a comandar o empreendimento, para apagar o fiasco da BM par.


Fale sobre a campanha contra o Pontal do Estaleiro:
Ela se divide em três

– O cara lá de cima manda aceitar tudo que me oferecem, por isso aceitei a tal comissão. Se está certo ou errado; quem faz o julgamento final é ele. Num primeiro momento, quando não recebi minha comissão para ajudar na implantação do Pontal, fiquei chateada por ter sido enganada. Isso fez com que ficasse mais tempo em Porto Alegre. Na medida em que o tempo foi passando tomei gosto pela cidade. Fiquei encantada com a paisagem, me apaixonei pelas pessoas e me tornei uma defensora da Orla. Por isso, digo e repito, trabalharei incansavelmente contra o Pontal do Estaleiro, A Favela Chique. Pois, se a moda pegar a turma do Saul vai querer cercar todo o Guaíba com prédios altos e de luxo.


Mostrando um vigor exuberante, se é que podemos elogiá-la desta forma, a “Morte de Plástico”, foi vista nas imediações da Usina do Gasômetro fazendo uma panfletagem contra o Muro da Mauá de Luxo. Quer ver? Acesse o seguinte link e confira:
NA CONSULTA POPULAR VOTE CONTRA A FAVELA CHIQUE DO PONTAL DO ESTALEIRO.

"Morte de Plástico" está de olho...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...