Pesquisar este blog

terça-feira, 28 de outubro de 2008

O FABULOSO LIVRO DE MENSAGENS DOS VISITANTES DE PÁ-PÍRUS





“Mensagens/e-mail”, foi o nome que atribuímos ao livro de presenças de nossa Instalação Poética. Ele ficava em posição de destaque em frente à sala do poeta. Idealizado para coletar comentários dos visitantes e e-mails para contatos futuros, o livro transformou-se num fenômeno gratificante e enriquecedor de nossa exposição.




Em primeiro lugar vamos aos números: O livro foi assinado por mais de 400 pessoas. Destas aproximadamente 10% não eram de Porto Alegre. Isto é, 17 eram visitantes vindos de cidades do interior do RS (Alegrete, Canoas, Caxias do Sul, Gramado, Gravataí, Jaguarão, Minas do Leão, Nova Prata, Nova Bassano, Pelotas, Passo fundo, Rio Pardo, Rio Grande, Santa Maria, Sapucaia, Vale Verde, Viamão).



De outras localidades do Brasil, apareceram visitantes de 18 cidades (Blumenau-SC, Belém-PA, Brasília-DF, Bochi-SC, Cascavel-PR, Campos-RJ, Curitiba-PR, Goiania-GO, Mercedes-PR, Manaus-AM, Paraná-SP, Recife-PE, Rondonópolis-RO, Rio de Janeiro-RJ, São Paulo-SP, Sorocaba-SP).
Do estrangeiro, ficaram consignadas a presença de turistas visitantes de 09 nacionalidades diferentes. (Canadá, Chile, Espanha, França, Inglaterra, Kênia, México, Uruguai, USA).



Em todos os dias de nossa instalação, recebemos calorosos cumprimentos dos visitantes pelo trabalho e incentivos para continuarmos desenvolvendo nossa proposta artística. No livro de presenças, a coisa ia mais além. Pessoas passaram não só o elogiar o trabalho, mas também a beleza da cidade de Porto Alegre, fazer pequenas confidências, apareceram pitadas de nonsense, desenhos de artistas urbanos, poemetos.


Um maravilhoso mosaico de manifestações foi se formando. Tanto que, antes de escrever alguns se deliciavam lendo o que outros haviam escrito. Inclusive, para alguns freqüentadores habituais da Usina vasculhar nosso livro de mensagens a procura de novas curiosidades era programação obrigatória. Evidentemente, isto também fazia com sentíssemos orgulho. Pois, percebíamos que havíamos sensibilizado os visitantes com a idéia central de nossa exposição: “a ousadia do simples”. Conseguindo nos expressar, encantar e interagir significativamente com o público. E prova concreta disto estava ali, escrita pelas mãos de nossos visitantes.



Transcrevemos, a seguir algumas destas mensagens:

- Orgânico; diferente... alucinógeno!(Izadora A. Fontoura)

-Na falta de palavras para descrever as emoções nada melhor do que somente parar e admirar. (Luciana Plentz)

- Gostei do som é único. (Beth)

-A mente que se abre a uma nova idéia, jamais volta ao estado normal. (Carlitos)

-Chove, mas a poesia e beleza de Poa mantém o sol em mim. (Márcia)

- Caros Amigos, Sou de POA, ma moro em Curitiba faz anos, mas cada vez que venho para cá, me apaixono mais por esta cidade “Alegre” e “Bonita”. Parabéns!!! Por este espaço felicidades.

- Se você ama e não é amado, fume maconha e fique chapado. (Marielly)

-Adorei a nossa primeira vez. (Lú)

- A exposição é muito louca (Ana T.) -Estivemos passeando e matando serviço. (Anelise/outras)


- Simples Genial - Parabens! (E. Sauer)


Já no final da exposição, o livro estava quase todo preenchido. Na noite, quando íamos embora, deixávamos outro livro substituto. A exposição ficava algumas horas do dia sem a nossa monitoria e opiniões as espontâneas colhidas se tornaram um valioso tesouro para o Carbon Kid e eu , o Famoso Quem(?).

Melhor do que falar sobre este glamoroso livro é mostrá-lo na integra. Por isso estamos disponibilizando todas as mensagens, para deleite de nossos admiradores, num álbum na web. Basta que clicais neste link:



Também tem youtube mais dois vídeos ilustrativos de nosso trabalho. Para vê-los , podeis clicar tranquilamente no link após o respectivo título :



A sétima história tratar-se-á de nossas considerações finais sobre a Instalação Poética Pá-Pírus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...