Pesquisar este blog

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

CARBON KID FALA SOBRE SEU PAIRO DE 65 METROS



CARBON KID FALA SOBRE SEU PAPIRO DE 65 METROS


Sempre senti a necessidade de me expressar. Então, eu desenhava e rabiscava ilustrando meus poemas. Escrevo poesias desde 2006, cujo o tema na sua maioria, é a angústia do tipo alucinante.

Quando conheci o Famoso Quem (?) lhe apresentei minha obra poética. Ele confessou-se impressionado pela originalidade e força dos versos. Quando viu meus desenhos, disse que o trabalho lembrava muito a estética artística dos anos 60. Porém, havia uma carga emocional densa e translúcida de muita magnetude.

Entre copos, conversas e cigarros, Quem (?), concluiu que poderíamos realizar um trabalho juntos e me fez o convite. Lisonjeado aceitei a empreitada.

Durante as discussões iniciais, ele, lembrou que possuía um rolo de papel em seu atelier, usava-o para proteger objetos e o chão contra respingos de tinta, com comprimento que pensava ser de mais ou menos 40 metros. Acreditando na minha arte compulsiva, entregou-me o rolo para que eu o preenche-se com minhas poesias e as ilustrações malucas que eu faço.



Meu processo de criação durou exatamente um mês (20.12.2007 a 20.0.2008). Período no qual encontrei muita satisfação e muitas dores nas costas por ter que trabalhar diretamente no chão. Usei o antagonismo destas sensações como incentivo para realizar o trabalho, uma vez que o rolo de papel parecia interminável.

Selecionei trechos de minhas poesias e com canetas de marcação permanente, pincéis, mãos, eu, ilustrava de dois a cinco metros, por vez, dependendo de minha disponibilidade. O fazia com muito gosto sem qualquer hesitação.


Ao terminar o trabalho, após revisar e medir o trabalho, liguei para o Famoso Quem (?), que ficou perplexo com metragem, que era muito superior ao que ele tinha imaginado: “O PAPIRO TINHA 65 METROS.”


Com esta maravilha de obra em mãos, notamos que ela era extremamente frágil. Sobrou para o Quem (?) solucionar este problema. Em conversa com uma amiga, a artista Tina Felice, ouviu a sugestão da plastificação. Com um pouco de criatividade, isto foi feito. Estava garantida assim a integridade do trabalho.


Os trabalhos do poeta Carbon kid podem ser conferidos nos seguintes endereços: http://sitedepoesias.com.br/poetas/barbon_kid ou http://poetacarbonkid.blogspot.com/






“...Nem tudo são flores, na próxima postagem falaremos de como um grupo de teatro, antigo na cidade, perturbou e a instalação e a paciência dos artistas de PÁ-PIRUS...”

Já tá rolando no youtube. A entrevista dos artistas Famoso Quem(?) e & Carbon kid concedida à TVE-RS, realizada durante na Instalação Poética PÁ-PÍRUS. Acesse aqui no link

 http://www.youtube.com/watch?v=VBA4EOlvG98 e muito boa voyage!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...